Livro “Efervescência”, lançado em novembro de 2014

Capa_Efervescencia_Livro_2015_Marcelo_Batalha

Queridos amigos, leitores, colegas de trabalho, companheiros de tantas caminhadas, cantorias e redes sociais,

depois de Abrangência (2010), Incandescência (2011), Resiliência (2012) e Florescência (2013), eis que meu novo livro está pronto… Muita poesia, um pouco de prosa e algumas surpresas compõem Efervescência, que estou lançando em novembro de 2014:

“Efervescência surge como uma forma de transformar em palavras a diversidade de desejos e desafios pelos quais passamos em nosso cotidiano, em meio a pensamentos e vontades que nem sempre conseguimos realizar, mas que “borbulham” em nossa mente e nosso coração. Se de fato é possível viver intensamente, “no fervo” e, ao mesmo tempo, ter um lado racional pleno e atuante, eu não me preocupo em avaliar: apenas permito-me tentar, insistir e, em certos momentos, “explodir”… em prosa, verso, vida real ou devaneio.”

Mais uma vez, este novo livro surge como resultado do incentivo de vocês e se torna real sem patrocínios ou editoras famosas: totalmente com recursos próprios, lanço Efervescência como quinto livro de uma obra que não sei que futuro terá, mas cujo presente me orgulha como forma de compartilhar meus escritos de tantos anos com todos. Com prefácio do músico Luis Otavio Barreto, capa de Gisele Batalha e algumas colaborações especiais, este é um livro onde ouso arriscar ainda mais, sem pretensões de ser melhor ou pior, apenas sem medo de ser feliz.

Como compra ? Na minha mão, como sempre. Aproveitem para não deixar desfalcada a sua coleção: devo ser o único autor carioca cujos livros ficam mais baratos a cada ano. 🙂 (descontos especiais para os livros anteriores)

Abraços, beijos, carinho, e tudo de bom para todos vocês, desde já agradecendo a atenção e o incentivo,

Marcelo Batalha

Contato e maiores informações:

batalha.m.rj@gmail.com

As capas dos livros anteriores (que continuam a venda, com desconto para quem quiser ficar com sua coleção “ência” completa):

CAPA_ABR capa_livro_incandescencia_2011 CAPA_RES capa_florescencia_1 capa_efervescencia

Deixe um comentário

Boas Festas e Feliz 2014

feliz2014

Deixe um comentário

Livro “Florescência”, lançado em novembro de 2013

capa_florescencia_1

Meus queridos leitores,

é com grande orgulho que informo o lançamento-sem-lançamento de meu quarto livro, “Florescência”. Como sempre, feito de forma própria, no esforço pessoal de continuar essa caminhada literária da qual tão humildemente me orgulho de continuar sendo sempre um amador.

Foram três livros seguidos: Abrangência (2010), Incandescência (2011) e Resiliência (2012), e eu imaginava que agora era hora de desistir… ou de começar do zero. Desistir, eu ? Não sou desses. Então, resolvi tentar.

Em “Florescência” (com prefácio de Danny Reis), muitos dos textos em prosa ou poesia são novos, escritos em 2013 nas conduções ou pelas redes sociais. Mas há alguns achados de fases bem diferentes de minha vida. Não era intenção fazer um novo “ência”, mas acabou surgindo: lá se foi a tal “trilogia”… Florescência tem tudo a ver com minhas resoluções de vida: semear, cultivar, florescer, colher os frutos e, sempre que possível, espalhar sementes e resultados por aí. Cada vez mais, meu verbo favorito, Compartilhar, se une a outro que tenho descoberto com vigor nos últimos tempos: Contagiar. Tudo isso me gera versos e, sobretudo, dias melhores… e quero sempre tentar com que muitos possam receber um pouco dessa minha felicidade abundante.

Por fim, e por mais um ano, agradeço a generosa acolhida de todos em relação aos livros anteriores, mantendo-me à disposição.

‘PERGUNTE-ME COMO!’. O precinho continua baixinho… 🙂

Um abraço
Marcelo Batalha

Contato e maiores informações:

batalha.m.rj@gmail.com

As capas dos livros anteriores (que continuam a venda, com desconto para quem comprar a ‘quadrilogia’ completa):

CAPA_ABR capa_livro_incandescencia_2011 CAPA_RES capa_florescencia_1

Deixe um comentário

Livro “Resiliência”, lançado em novembro de 2012

CAPA_RES

É com grande alegria que anuncio o lançamento-sem-lançamento de meu terceiro livro,

RESILIÊNCIA

(e aí, vai deixar a trilogia incompleta ?)

“Resiliência” contém poemas escritos durante o ano de 2012 e crônicas antigas não incluídas em meus livros anteriores (“Abrangência”, lançado em 2010, e “Incandescência”, de 2011). Como os anteriores, será vendido um por um pessoalmente, pois também foi totalmente produzido por mim, do meu bolso, para deixar registrados meus escritos e compartilhá-los com vocês.

Lançar mais esta obra só foi possível porque tive o apoio de todos vocês, e porque o ato de escrever e compartilhar meus escritos continua sendo um prazer, uma realização e uma renovação. Como digo na apresentação do livro…

“Usando a definição dos dicionários, resiliência é “a propriedade pela qual a energia armazenada em um corpo deformado é devolvida quando cessa a tensão causadora da deformação elástica”. Prefiro usar a expressão “enverga, mas não quebra”, aquela capacidade, quase insistência, de lidar com as dificuldades do cotidiano, resistindo a quedas, não desistindo mesmo quando o futuro parece tão difícil… Renovação. Como é, para mim, mais este livro.”

Com prefácio especialíssimo do compositor, luthier e produtor Tony Pelosi e capa especial (e internacional) a partir da bela foto de Shiri Katz Lajter, fica à disposição de vocês mais esta obra, que não sei se será a última, mas certamente fecha uma trilogia que me deu muito prazer. Presenteie a seus amigos, parentes, colegas de trabalho, auxiliares do lar, porteiros, sogras, motoristas de ônibus, amigos e inimigos secretos, enfim…

Continua o mesmo esquema: os que estiverem mais próximo, me procurem pessoalmente, e os que estiverem à distância podem escrever para o email indicado abaixo, por onde indicarei como proceder para adquirir meu humilde livrinho de 2012, cujo preço-base CONTINUA O MESMO DE 2010, com promoções para mais de 3 exemplares ou para quem quiser completar a trilogia… vejam que coisa ! (“Pergunte-me como!”)

Um abraço e agradeço a todos a atenção, o incentivo, o apoio, conto com vocês.

Contato e maiores informações:

batalha.m.rj@gmail.com

Deixe um comentário

Livro “Incandescência”, lançado em novembro de 2011

É com grande alegria que anuncio o lançamento-sem-lançamento de meu segundo livro…

INCANDESCÊNCIA

…contendo poemas, contos e crônicas que não foram incluidos em meu primeiro livro, “Abrangência”, lançado em 2010, bem como dezenas de novos textos escritos ao longo destes últimos 12 meses. Acabou de sair do forno, caiu em meu colo e será vendido, um por um, por minhas mãos. Mantenho assim a chama acesa de praticar verbos como realizar, compartilhar, além de falar sobre a vida, sonhos, pensamentos, ideias ou apenas divagar sobre tudo.

Lançar minha segunda obra só foi possível porque tantas pessoas queridas abraçaram este meu projeto de ser um escritor e me apoiaram comprando o primeiro livro. Mais uma vez, foi um esforço pessoal: banquei e realizei todo o processo, desde a programação gráfica, a diagramação e os custos deste que é mais um filho para mim. Não é fácil, é sempre um risco, mas acima de tudo é um prazer, uma realização, uma vontade enorme de caminhar, expressar, construir.

Com a honra de ter recebido um prefácio emocionante da compositora e poetisa Luhli e com capa a partir de bela foto de Igor Raupp, deixo então à disposição de todos os meus amigos, parentes e colegas de trabalho mais este presente de Natal: os que estiverem mais próximo, me procurem, e os que estiverem à distância mandem email…

batalha.m.rj@gmail.com

… por onde indicarei como proceder para adquirir meu humilde livrinho de 2011, para de alguma forma aquecer a sua vida e a de seus amigos e parentes neste final de ano. Ajudem sua mãe, sogra a lerem mais, e os amigos ocultos estão te chamando ! 🙂

Um abraço e agradeço a todos a atenção, o incentivo, o apoio, conto com vocês.

Deixe um comentário

Livro “Abrangência”, lançado em dezembro de 2010

Para adquirir, entre em contato pelo email

batalha.m.rj@gmail.com

Deixe um comentário

Sobre o texto “Amigo, Um Ensaio”

marcelobatalha_amigoumensaio_2

Não se esqueça: se for copiar, copie o
texto inteiro, incluindo o nome do autor.

……

Amigo, Um Ensaio
(Marcelo Batalha)

Difícil querer definir amigo. Amigo é quem te dá um pedacinho do chão, quando é de terra firme que você precisa, ou um pedacinho do céu, se é o sonho que te faz falta.

Amigo é mais que ombro amigo, é mão estendida, mente aberta, coração pulsante, costas largas. É quem tentou e fez, e não tem o egoísmo de não querer compartilhar o que aprendeu. É aquele que cede e não espera retorno, porque sabe que o ato de compartilhar um instante qualquer contigo já o realimenta, satisfaz. É quem já sentiu ou um dia vai sentir o mesmo que você. É a compreensão para o seu cansaço e a insatisfação para a sua reticência.

É aquele que entende seu desejo de voar, de sumir devagar, a angústia pela compreensão dos acontecimentos, a sede pelo “por vir”. É ao mesmo tempo espelho que te reflete, e óleo derramado sobre suas aguas agitadas. É quem fica enfurecido por enxergar seu erro, querer tanto o seu bem e saber que a perfeição é utopia. É o sol que seca suas lágrimas, é a polpa que adocica ainda mais seu sorriso.

Amigo é aquele que toca na sua ferida numa mesa de chopp, acompanha suas vitórias, faz piada amenizando problemas. É quem tem medo, dor, náusea, cólica, gozo, igualzinho a você. É quem sabe que viver é ter história pra contar. É quem sorri pra você sem motivo aparente, é quem sofre com seu sofrimento, é o padrinho filosófico dos seus filhos. É o achar daquilo que você nem sabia que buscava.

Amigo é aquele que te lê em cartas esperadas ou não, pequenos bilhetes em sala de aula, mensagens eletrônicas emocionadas. É aquele que te ouve ao telefone mesmo quando a ligação é caótica, com o mesmo prazer e atenção que teria se tivesse olhando em seus olhos. Amigo é multimídia.

Olhos… amigo é quem fala e ouve com o olhar, o seu e o dele em sintonia telepática. É aquele que percebe em seus olhos seus desejos, seus disfarces, alegria, medo. É aquele que aguarda pacientemente e se entusiasma quando vê surgir aquele tão esperado brilho no seu olhar, e é quem tem uma palavra sob medida quando estes mesmos olhos estão amplificando tristeza interior. É lua nova, é a estrela mais brilhante, é luz que se renova a cada instante, com múltiplas e inesperadas cores que cabem todas na sua íris.

Amigo é aquele que te diz “eu te amo” sem qualquer medo de má interpretação : amigo é quem te ama “e ponto”. É verdade e razão, sonho e sentimento. Amigo é pra sempre, mesmo que o sempre não exista.

(Marcelo Batalha, 20/10/96)

……

Não se esqueça: se for copiar, copie o
texto inteiro, incluindo o nome do autor.

marcelobatalha_amigoumensaio_2

Deixe um comentário